França não está preparada para ratificar acordo com Mercosul

Mesmo depois de 20 anos de negociações, a França se declarou não estar preparada para ratificar o  acordo comercial anunciado na última sexta-feira (28) entre a União Europeia (UE) e o Mercosul. A afirmação veio do porta-voz do governo francês, Sibeth Ndiaye, nesta terça-feira (2).

Emmanuel Macron e Jair Bolsonaro
Clauber Cleber Caetano/PR – 28.6.19

Emmanuel Macron e Jair Bolsonaro

“Vamos observar com atenção e, com base nestes detalhes, vamos decidir”, declarou ele durante uma entrevista ao canal de notícias BFM. De acordo com a agência France Presse, Ndiaye ainda completou dizendo que irá pedir “garantias” aos países do Mercosul – o que inclui o Brasil, a Argentina, o Uruguai e o Paraguai. 

“Não posso dizer que hoje vamos ratificar o Mercosul (…). A França , no momento, não está pronta para ratificar”, disse Ndiaye. O acordo é o maior já assinado pelo bloco europeu e já se esperava que a França teria objeções sobre o tratado, já que é um dos países mais reticentes envolvidos. 

Leia também: Em dez anos, 92% das exportações Mercosul-União Europeia terão tarifa zero

O medo dos franceses é relacionado aos impactos que o setor agrícola pode ter. Por ser uma área influente em sua economia, a grande entrada de produtos sul-americanos no mercado poderia afetá-lo de maneira negativa. 

Isso porque os fazendeiros franceses são muito dependentes de subsídios europeus. Por serem organizados em propriedades familiares, que normalmente geram uma renda pouco expressiva, eles temem não conseguir competir com as “ fábricas de carne ”, como eles mesmo chamam a produção sul-americana.

Leia também: Acordo entre Mercosul e União Europeia proíbe subsídios a exportações

Para eles, diferenças nas práticas entre os dois continentes, deixam os europeus em desvantagem, tendo em vista as normas ambientais cada vez mais exigentes na UE, enquanto as regras dos países no Mercosul permitem uso de antibióticos, hormônios do crescimento e soja geneticamente modificada.

Comentários Facebook