Instalação de energia elétrica permitirá reativação da sede do Parque Estadual Águas do Cuiabá

A Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema-MT) autorizou o licenciamento ambiental para implantação de energia elétrica na sede do Parque Estadual Águas do Cuiabá e da Área de Preservação Ambiental (APA) Cabeceiras do Rio Cuiabá. O trabalho foi realizado pela gerência das unidades de conservação em parceria com a Energisa.

A ativação da luz elétrica possibilita que a sede, que antes operava com motor estacionário, fosse reativada, para apoiar operações do Batalhão de Polícia Militar Ambiental, auxiliar o Corpo de Bombeiros no combate aos Incêndios Florestais e dar apoio a instituições de estudos e pesquisas.

O Parque e a APA se localizam no bioma cerrado e ambas contemplam os municípios de Rosário Oeste e Nobres. Além dessas cidades, a APA também abrange os municípios de Nova Brasilândia, Nova Mutum e Planalto da Serra.   

“Este foi mais um avanço, principalmente porque o projeto da energia não teve custo. Após a criação do Conselho Consultivo, depois de quase vinte anos, essa foi mais uma vitória”, afirmou Ademir Antônio de Figueiredo, Gerente Regional do Parque Estadual Águas do Cuiabá e da APA-Cabeceiras do Rio Cuiabá.

O Projeto para implantação de energia na sede está em execução. Segundo Figueiredo, cerca de 60% já foi concluído e existe um projeto para implantar uma brigada de combate a incêndio florestais na sede.

Comentários Facebook