Prefeitura apresenta Feciti e projeto arquitetônico da Unemat para os alunos do Eemop

Cerca de 200 alunos da Escola Estadual Major Otávio Pitaluga (Eemop) tiveram a oportunidade na manhã desta terça-feira (08) no auditório da Prefeitura de Rondonópolis de conhecer um pouco mais da Feira de Ciência Tecnologia e Inovação de Rondonópolis (Feciti) que chega a sua 4ª edição neste ano e acontece nos dias 21 e 22 de outubro. Na ocasião, ainda foi apresentado o projeto arquitetônico desenvolvido pelo município do prédio da Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat).

“Estamos fazendo uma apresentação do projeto arquitetônico da Unemat que será o futuro da cidade. Um projeto que contempla 1.812 alunos justamente para esse público que estão concluindo o segundo grau, ingressando agora ou que também já terminaram, pois teremos uma universidade com o porte que a população e a cidade merecem” explicou o secretário municipal de Habitação e Urbanismo Paulo José Correia.

Na oportunidade, os alunos puderam conhecer um pouco mais sobre a Feciti. “Estamos com a expectativa de ser a maior feira de Ciência e Tecnologia da região Sul de Mato Grosso, bem como do Estado. As inscrições para projetos estão abertas até dia 16 de outubro, já temos muitos inscritos e a expectativa é chegarmos a 100. A certeza que todos os projetos apresentados no futuro poderão virar negócios e facilitar a vida nossa população, é uma feira que vem para dar resultado” explicou o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico Miltom Mutum.

Investimentos na área de Ciência e Tecnologia e também para tornar Rondonópolis um polo em Educação foi destacado pelo prefeito Zé Carlos do Pátio.

“Com a Feciti nós vamos fomentar nossos jovens a desenvolverem projetos de interesse público e mostrar ainda mais o seu o potencial, por isso, criamos o Papiro (Programa Acelerador de Projetos Inovadores de Rondonópolis) para que a Prefeitura financie os bons projetos”, explicou o prefeito.

Sobre a Educação, ele explicou que a prefeitura vem buscando o apoio do Estado para construção da sede da Unemat que vai beneficiar diversos jovens do município.

“Rondonópolis tem que se tornar um grande polo de Educação, nós temos a universidade federal, temos várias faculdades particulares e conseguimos ainda na gestão do ex-governador Pedro Taques trazer a Unemat para cá com curso de Letras, Direito e Computação e agora estamos cobrando o apoio do Estado. Nós já passamos a área para o Governo do Estado para a construção da Unemat e se não construírem a sede, nós vamos construir, eu vou convocar todo o setor empresarial” explicou o gestor.

Comentários Facebook