5º Festival de Pesca no Pesque Pague

Será realizado no Pesque Pague Toca do Jacaré o 5º Festival de Pesca em Pesque Pague, nos dias 16 e 17 de novembro de 2019, localizado na MT 270- saída para Guiratinga, logo após o Parque de Exposições.
É uma promoção desportiva, recreativa, cultural e ambiental, com o objetivo de estimular o turismo e o lazer, promover a interação dos aficionados da pesca, difundir a educação ambiental, conscientizar sobre a preservação do meio ambiente para as gerações futuras, que acontece durante a período da piracema.
Serão nove turmas com 14 pescadores, onde classificarão 18 para a semifinal e destes seis vão para a final.
As etapas classificatórias acontecerão numa lagoa escolhida e preparada para o evento, no sábado (16) e no domingo (17) pela manhã, e a semifinal e final acontecerão no domingo à tarde.
O evento será individual, aberto a todos maiores de 18 (dezoito) anos e o público pode assistir sem pagamento de entrada.
O participante poderá usar sua tralha pessoal, pescar com linhada de mão, molinete e/ou carretilha, com varas e linhas de medidas livres. Só poderá ter um anzol por linha e uma linhada dentro d’água, podendo ter outros equipamentos de reserva e usar iscas artificiais e ou naturais, como massa, minhoca, carne, calabresa, etc. Os participantes deverão levar as suas iscas. Não serão oferecidas iscas no local.
A inscrição custa de R$ 100,00 e ainda tem vagas, que podem ser feitas as inscrições no Pesque Pague Toca do Jacaré e ou na Atalaia Adventure.
Cada inscrição dá direito a participar de uma etapa, definida como uma hora de pesca, da competição, conforme escolha no ato da inscrição, como data e horário escolhido pelo participante, e cada um receberá um kit, contendo uma camiseta e um boné promocional, regulamento e folhetos informativos, além de pagar apenas 50% do peixe que pescar, caso queira adquirir.
Não será permitido entrar na lagoa; apresentar peixe com indícios de pré-captura; jogar lixo fora do recipiente apropriado; ingestão de bebidas alcoólica caracterizando embriaguez; sair da área demarcada para sua pesca; prejudicar os concorrentes com manobras escusas; desacatar ou agredir competidores, visitantes, fiscais ou membros da Comissão Organizadora; comportamento sem urbanidade; transgredir qualquer uma das regras deste regulamento. Aquele participante que for flagrado usando de meios ilícitos ou descumprindo as regras estabelecidas neste regulamento, terá como punição a desclassificação.
Cada um deverá usar de seus meios para manusear a retirada e guarda dos peixes capturados, levando junto a sua tralha, o passaguá/puçá, saco e suporte para armazenamento dos peixes. Quanto à pontuação será a soma da quantidade de exemplares pescados, mais o peso total, de acordo com o seguinte critério: 01 (um) ponto por exemplar, exceto peixes abaixo de 100 gramas, mais 01 (um) ponto por quilo ou fração correspondente. Exemplo: dois peixes no total de 3,350 Kg, contará 3,350 pontos, mais 2,000 pontos pela quantidade, totalizando 5,350 pontos. Peixes abaixo de 100 gramas devem ser somados ao peso.
E o vencedor será aquele que obtiver o maior número de pontos. Em caso de empate, vencerá aquele que capturou o maior número de peixes, inclusive aqueles abaixo de 100 gramas, persistindo o empate será definido com o maior peso total de pescados, e por último em decisão por sorteio.
A premiação será:
1º lugar: Um Barco Taquari Sabre (5,5 metros), mais troféu.
2º lugar: Uma barraca de camping, mais troféu.
3º lugar – Uma tralha de pesca, mais troféu.
4º ao 6º lugares: medalhas.

“Será o melhor festival que já realizei. Fechamos cinco turmas por completo e das inscrições avulsas só temos dez unidades. Agradeço ao parceiros e que tenhamos uma boa competição’, disse o organizador do evento Hermélio Silva.

Comentários Facebook