Primeira Sessão Ordinária do ano

Foi realizada no Plenário Ulysses Guimarães da Câmara de Vereadores a primeira Sessão Ordinária de 2019. A Mesa Diretora presidida pelo vereador Cláudio da Farmácia (MDB), sendo o vice-presidente vereador Roni Magnani (PP), o segundo vice-presidente o vereador Bilu do Depósito de Areia (PRTB), o primeiro secretário é o vereador Vilmar Pimentel (SD) e o segundo secretário o vereador Doutor Hélio Pichioni (PSD).

O prefeito municipal Zé Carlos do Pátio fez uma visita de cortesia na abertura dos trabalhos do Legislativo e fez uso da Tribuna para esclarecer aos parlamentares sobre como está a gestão. Aproveitou e agradeceu a Câmara pelo apoio e solidariedade junto ao Poder Executivo, pela aprovação dos mais de 600 projetos do executivo e pela criação do conselho local de saúde.

“O executivo e o Legislativo devem andar juntos, o objetivo dos dois poderes tem que ser o melhor para a cidade, e acima de tudo o interesse público, e estamos aqui para somar, e para desejar um bom ano de trabalho a todos os vereadores”, falou o prefeito Zé Carlos do Pátio.

No uso de sua fala na Tribuna, o presidente da Casa de Leis, o vereador Cláudio da Farmácia cumprimentou a todos os presentes e dirigiu sua fala para o prefeito Zé Carlos do Pátio, dizendo que ficou indignado com o posicionamento do gestor no fim do ano passado, no qual gravou um vídeo dizendo que os vereadores engessaram o orçamento para este ano, o que levou um cidadão do município a gravar outro vídeo dizendo que “os vereadores somente votam a favor dos projetos do prefeito quando recebem algum incentivo financeiro, do contrário são todos traidores do prefeito e votam contra o povo”, entre outras afirmações.

“No ano passado nós aprovamos mais de 600 projetos do executivo, todos são ferramentas para que Rondonópolis caminhasse, e desde que eu estou nesta Casa de Leis eu digo que nenhum vereador travou o trabalho do executivo, e nunca recebeu para aprovar projetos, por isso eu pedi a Procuradoria da Câmara para que acione na justiça o autor desse vídeo de difamação e calúnia, e que ele responda pelo seu ato”, relatou Cláudio da Farmácia, ordem essa que foi imediatamente atendida, conforme BO 2020.7612, pela Procuradoria.

O presidente da Câmara Municipal de Rondonópolis analisou como positivo o ano anterior, e espera que esse ano possam fazer muito mais, dando sequência aos trabalhos, e ajudando nos projetos que chegam na Câmara, sobretudo para ajudar a melhorar a infraestrutura dos bairros que mais sofrem, e também na aprovação dos projetos para o bem coletivo.

Comentários Facebook