Movimento Energia do Bem Energisa MT faz parceria com Senai para logística e calibração de respiradores

Concessionária faz o transporte dos equipamentos que vão para manutenção e custeia a calibração dos respiradores antes de serem entregues aos hospitais

Movimento Energia do Bem, criado pelo Grupo Energisa, segue com as ações em Mato Grosso para o enfrentamento do novo coronavírus (Covid-19). A concessionária firmou parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial no Estado (Senai MT) em dois projetos: no transporte dos respiradores encaminhados à instituição para manutenção e na calibração dos equipamentos antes de serem entregues às unidades de saúde.

A parceria foi firmada no fim de abril. Em relação à logística, a gerente de Gestão de Projetos da Energisa MT, Ana Carolina Ribas, explica que a ação ocorre conforme a demanda. O Senai MT solicita o transporte dos equipamentos e a Energisa MT vai buscar nas unidades hospitalares ou entregá-los após a manutenção. Até agora foi feito o transporte de um respirador a uma unidade hospitalar de Mirassol D’Oeste. “O equipamento estava na unidade do Senai de Várzea Grande para manutenção e quando ficou pronto nós entregamos ao hospital em Mirassol, com todos os cuidados necessários para o transporte desse tipo de equipamento”, ressalta a gerente. Mais 39 respiradores foram transportados do Hospital Estadual Santa Casa de Cuiabá para a unidade do Senai em Várzea Grande, para manutenção.

Com relação à calibração, a parceria prevê o custeio, por parte da Energisa MT, desse procedimento nos respiradores que são entregues pelo Senai MT às unidades de saúde. “Essa parceria com o Senai MT vai durar enquanto houver necessidade. A Energisa MT está envolvida com uma série de ações para ajudar os hospitais e a sociedade no enfrentamento dessa pandemia”, afirma Ana Carolina.

“A escassez de ventiladores pulmonares gerou uma corrida, tanto pelas unidades disponíveis quanto pelas próximas a serem fabricadas. Portanto, a recuperação dos equipamentos danificados ou sem manutenção é essencial para aqueles pacientes que já estão em um estágio mais avançado da Covid-19. A parceria entre Senai MT, Energisa, TCE-MT e Futura Representações é de grande importância, por ser uma ação que salva vidas. Mato Grosso é um estado gigante, somente com união conseguimos realizar essa ação tão relevante para a saúde dos mato-grossenses”, afirma a diretora regional do Senai MT, Lélia Brun. Ela destaca que a iniciativa das instituições é uma grande contribuição para o combate ao coronavírus e deve servir de inspiração para outras companhias.

Energia do Bem

O Movimento Energia do Bem foi criado pelo Grupo Energisa para viabilizar ações emergenciais que ajudem a superar a crise humanitária provocada pela doença. Trata-se de uma rede de atuação orgânica, que reúne dezenas de parceiros envolvidos em iniciativas que incluem obras elétricas em unidades públicas de saúde e captação de recursos para assistência a idosos. Também foi criado o portal Energia do Bem, com informações confiáveis sobre a doença e conteúdo para reduzir os impactos do isolamento social.

O investimento nessas ações está estimado em R$ 5 milhões e serão aplicados em diversas frentes mapeadas junto ao poder público local. Também foi criado o portal Energia do Bem, com informações confiáveis e conteúdo para reduzir os impactos do isolamento social. Está disponível no endereço https://www.movimentoenergiadobem.com.br/.

Conheça as ações

Em Mato Grosso, o Movimento Energia do Bem já desenvolveu uma série de ações. A primeira delas foi a viabilização da ação da rede elétrica externa do Hospital Metropolitano de Várzea Grande para atender a reforma que foi feita na unidade. Outra ação importante, junto à comunidade, foi o uso de carro de som em 30 municípios de Mato Grosso com reforço das recomendações da Organização Mundial de Saúde (OMS).

Já o Hospital Estadual Santa Casa de Cuiabá recebeu a doação e 300 máscaras N95. A unidade de saúde é referência para o tratamento de Covid-19 na Capital de Mato Grosso. As máscaras foram destinadas aos profissionais que atuam na linha de frente como médicos, fisioterapeutas e enfermeiros. Além da distribuição das máscaras N95, 30 mil máscaras de TNT foram compradas do Senai MT para serem distribuídas aos colaboradores e equipes de campo que possuem contato direto com o cliente e que por prestarem um serviço essencial, não podem parar.

No âmbito nacional, o Grupo Energisa se uniu a outras empresas do setor elétrico para ajudar a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) a produzir testes diagnósticos da Covid-19. A iniciativa é coordenada pelo Instituto Acende Brasil. A Energisa contribuiu com R$ 1,5 milhão.

Sobre a Energisa

Com 115 anos de história, o Grupo Energisa é o 5º maior em distribuição de energia elétrica. Uma das primeiras empresas a abrir capital no Brasil, a companhia controla 11 distribuidoras em Minas Gerais, Paraíba, Rio de Janeiro, Sergipe, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Tocantins, São Paulo, Paraná, Rondônia e Acre. Com receita líquida anual de R$ 16,9 bilhões (ano 2019), o Grupo atende a 7,8 milhões de clientes (o que representa uma população atendida de quase 20 milhões de pessoas) em 862 municípios de todas as regiões do Brasil, além de gerar aproximadamente 19 mil empregos diretos e indiretos.

Com a missão de transformar energia em conforto, desenvolvimento e oportunidades de forma sustentável, responsável e ética, a Energisa atua com um portfólio diversificado que engloba distribuição, geração, transmissão, serviços para o setor elétrico (Energisa Soluções), serviços especializados de Call Center (Multi Energisa), comercialização de energia (Energisa Comercializadora) e soluções em energias renováveis (Alsol).

Comentários Facebook