Saúde reforça chamamento para vacinação contra Influenza A

O Ministério da Saúde (MS) prorrogou a campanha contra o vírus Influenza A em todo o Brasil até o dia 30 de junho para conseguir atingir a meta de imunização de adultos entre 55 e 59 anos, bebês de seis meses a crianças de cinco anos, 11 meses e 29 dias, mulheres no pós parto (puérperas) e gestantes.

Em Rondonópolis, de acordo com dados do Departamento de Saúde Coletiva da Secretaria Municipal de Saúde, a taxa de cobertura vacinal está em 36% das gestantes, 86% dos trabalhadores da Saúde, 75% das puérperas, 38% dos adultos de 55 a 59 anos.
No grupo das crianças na faixa etária especificada somente 37% foram imunizadas no Sistema Único de Saúde, mostrando excepcionalmente neste ano uma baixa procura pelos pais e responsáveis.

As equipes das Unidades Básicas de Saúde estão seguindo todas as medidas de prevenção ao Covid-19 garantindo a segurança de todos os envolvidos, por isso é necessário o uso da máscara de proteção em maiores de dois anos, respeitar a distância de dois metros de outras pessoas e ir vacinar apenas se estiver sem sintomas de gripe.

A Sociedade Brasileira de Pediatria e a Sociedade Brasileira de Imunizações são categóricas ao orientar que a vacinação deve ser mantida mesmo durante a pandemia, tanto em prevenção a Influenza A como às outras doenças. Por isso, as crianças devem ser vacinadas seguindo o calendário de rotina sem atrasos.

Caso o contribuinte prefira, pode estar ligando em sua unidade de referência (o telefone pode ser localizado nesse link http://saude.rondonopolis.mt.gov.br/unidades/) para verificar quais os horários de menor fluxo assim evita estar em um ambiente com muitas pessoas simultaneamente.

SANITIZAÇÃO
O Centro de Saúde da Cohab Rio Vermelho (Cohab Velha) e no Posto de Saúde Familiar Iguaçu estão sem atendimento ao público durante a tarde desta sexta-feira (26) devido a desinfecção das unidades e retornam normalmente na segunda-feira (29).

Comentários Facebook