Grêmio leva a melhor com placar de 2 a 1 em clássico contra o Internacional


O domingo foi de clássico Gre-Nal no Beira-Rio, mas o Tricolor acabou quebrando a sua invencibilidade de onze clássicos sem conhecer a derrota e acabou superado pelo placar de 2 a 1, em partida válida pela 32ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Em resumo, a etapa inicial foi disputada e equilibrada. Os adversários criaram as primeiras chances, mas os gremistas conseguiram valorizar um pouco mais a posse de bola, mesmo sem conseguir levar perigo a meta colorada. A chance mais clara de gol saiu dos pés de Yuri Alberto, mas o atacante acertou a trave. Já o Tricolor acabou com um desfalque ainda no primeiro tempo, quando Geromel sofreu uma lesão no tornozelo e não conseguiu seguir na partida.

Na etapa complementar, o Grêmio equilibrou as ações; passou a arriscar mais e levar perigo a meta adversária, tanto que conseguiu resultado. Aos 30 minutos, em uma grande jogada, Diego Souza recebeu um passe e acionou Jean Pyerre livre. O camisa 10 deslocou Marcelo Lomba e estufou as redes coloradas. Mas os donos da casa conseguiram o empate aos 44’, com gol de Abel Hernández. Nos acréscimos, tiveram um pênalti a seu favor, em que Edenilson assinalou o segundo gol colorado.

Com o resultado, Tricolor não soma pontos na competição.

Primeiro Tempo 

A partida se mostrou equilibrada nos primeiros instantes, mas a primeira chance de ataque foi adversária. Com 2 minutos, Rodrigo Dourado acionou Praxedes, que recebeu no meio e chutou, obrigando Vanderlei a espalmar, fazendo a defesa.

O Grêmio respondeu aos 8’, com Pepê, que recebeu na esquerda e cruzou na área, mas a defesa colorada afastou. Dois minutos depois, o Tricolor teve outra oportunidade, com uma falta da meia direita, da intermediária de ataque. Jean colocou na área, mas a zaga fez o corte novamente.

Passados 23 minutos, o Tricolor tentou pela direita após uma cobrança de lateral. No lance, Diego Souza desviou de cabeça na área, próximo a marca penal, mas os colorados conseguiram interceptar a jogada. Já o Inter chegou com Yuri Alberto cinco minutos depois, que de dentro da área chutou forte. A bola bateu em Geromel e saiu pela linha de fundo.

Aos 30’, os gremistas tiveram uma nova chance em cobrança de falta, desta vez pelo meio. De longa distância, Lucas Silva chutou direto, mas carimbou a barreira.

A chance mais clara de gol foi dos donos da casa, aos 34’, com Yuri Alberto. Depois de uma boa trama, o atacante recebeu de Praxedes e, de dentro da área, mandou na trave.

Na reta final da etapa inicial, Geromel sentiu o tornozelo e não conseguiu voltar a partida, sendo substituído por Rodrigues, com 41 minutos.

Segundo Tempo 

As equipes voltaram a campo com a mesma formação.

Com 5 minutos de bola rolando, Praxedes arriscou de longa distância, mandando forte, mas por sobre a meta gremista. Em resposta, o Tricolor fez uma boa trama com Pepê acionando Ferraz na direita. O lateral cruzou, mas a defesa cortou. Na sobra, Matheus Henrique ainda tentou passar entre os zagueiros e Lomba saiu do gol para fazer a defesa.

O Inter pressionou e criou com Yuri Alberto, que passou pela marcação e acionou Peglow. O atacante tentou a finalização, mas sem efetividade. Em seguida, Edenilson arriscou da intermediária – a bola desviou em Kannemann e saiu pela linha de fundo.

Passados 11 minutos, Jean Pyerre passou para Lucas Silva, que de longe, da intermediária, chutou rasteiro, perto, mas para fora. Logo em seguida, foi a vez de Jean Pyerre receber na esquerda e arrematar, mas Lomba defendeu.

O Tricolor passou a pressionar e criar. Desta vez, em uma jogada pela esquerda, Diogo Barbosa trabalhou com Pepê, recebeu o último passe e chutou cruzado. Lomba desviou, com 18 ‘ jogados. Outra chance saiu dos pés de Diego Souza, aos 26’, após uma pifada de Jean Pyerre. O centroavante recebeu em condições e tentou deslocar Lomba, mas a bola saiu raspando a trave. Dois minutos depois, foi a vez de Victor Ferraz fazer um cruzamento na medida para o camisa 29, que subiu mais que a marcação e desviou de cabeça. Quase o primeiro gol gremista.

Foi aos 30 minutos que o Grêmio conseguiu efetividade. Em uma grande jogada, Diego Souza recebeu e passou para Jean Pyerre livre. O camisa 10 deslocou Marcelo Lomba e estufou as redes coloradas.

O Inter tentou igualar o marcados aos 41’, com Nonato, que chutou mas em cima do companheiro Abel Hernández. O uruguaio ainda ficou com a bola, mas mandou por sobre o gol.

Aos 44’, Victor Cuesta cruzou na cabeça de Abel Hernández, que desviou para o gol e igualou o placar. Nos acréscimos, ainda um pênalti a favor dos donos da casa. Edenilson marcou e assinalou o segundo gol colorado.

Comentários Facebook