Há 18 anos, Corinthians vencia clássico Majestoso no jogo de ida da final do Paulistão


   O Corinthians dava o primeiro passo rumo ao título do seu 25º Campeonato Paulista há exatos 18 anos. No dia 16 de março de 2003, a equipe alvinegra entrava em campo pelo jogo de ida da final do torneio estadual, enfrentando o São Paulo no clássico Majestoso.

Após o vice-campeonato no Brasileirão do ano anterior, o Corinthians havia disputado o Paulistão com uma equipe parecida com a finalista do nacional, com duas mudanças: entraram no onze inicial o meia Jorge Wagner e o atacante Liédson, principais reforços corinthianos naquele momento.

O Timão foi crescendo ao longo da competição. Na primeira fase, ficou em segundo no Grupo 3, encarando a União Barbarense nas quartas de final e vencendo por 2 a 1; depois, derrotou o Palmeiras na semifinal em dois jogos, um empate por 2 a 2 fora de casa e uma vitória por 4 a 2 como mandante.

Para a decisão do Paulista, o técnico corinthiano Geninho mandou a campo para o Majestoso uma equipe com: Doni; Rogério, Fábio Luciano, Anderson, Kleber; Fabinho, Vampeta, Jorge Wagner; Liédson, Leandro e Gil. O estádio do Morumbi recebeu o confronto, marcado para 18h, com 46.633 pessoas presentes.

Com a bola rolando, o Timão saiu na frente no placar com gol de Rogério, de pênalti, aos 29 minutos, e sofreu o empate quatro minutos depois. Na segunda etapa, o Corinthians voltou a ficar na frente em cabeçada certeira de Fábio Luciano após cobrança de Jorge Wagner aos 24 minutos, tornando a levar o tento de empate oito minutos depois. Coube a Gil, aos 39, dar números finais ao confronto.

Assim, o Alvinegro disputaria a segunda partida da final do Paulistão de 2003 com vantagem no placar. O embate derradeiro seria jogado seis dias depois, em 22 de março daquele ano, também no Morumbi, desta vez com mando de jogo do adversário – mas o resultado seria o mesmo.

COMENTE ABAIXO:

Comentários Facebook