Corinthians supera o Salgueiro-PE e avança à 2ª fase da Copa do Brasil


O Corinthians estreou na edição 2021 da Copa do Brasil na noite desta quarta-feira (17). Em partida válida pela primeira fase do torneio nacional, o Alvinegro encarou o Salgueiro (PE) em um confronto inédito na história das duas equipes. E dentro de campo, a equipe corinthiana venceu por 3 a 0 e avançou para a segunda fase da competição. Jemerson, Ramiro e Mateus Vital fizeram os gols corinthianos.

Timão escalado!

O técnico Vagner Mancini decidiu levar a campo uma equipe com reforços no time titular e no banco de reservas que retornaram após testarem positivo para o Covid-19 e cumprirem o protocolo de isolamento: Lucas Piton, Camacho, Cauê e Ramiro. Eles se somam a Cássio, Fagner, Gabriel e Vitinho, que haviam retornado no último fim de semana.

Assim, o treinador mandou a campo: Cássio (capitão); Fagner, Jemerson, Gil, Fábio Santos; Gabriel, Otero, Ramiro, Rodrigo, Mateus Vital; Jô. À disposição no banco de reservas estavam: Matheus Donelli, Guilherme, Lucas Piton, Luan, Cazares, Bruno Méndez, Cauê, Camacho, Cantillo, João Victor, Gabriel Pereira e Vitinho.

Novo recorde

Ao entrar em campo nesta quarta-feira, o goleiro Cássio atingiu uma nova marca: chegou a 39 partidas disputadas pelo Timão na Copa do Brasil. Assim, ele superou outro ídolo da meta corinthiana, Ronaldo Giovaneli, que tinha 38 jogos realizados entre 1988 e 1998. Na equipe desde 2012, Cássio completou 509 jogos, contra 602 do goleiro campeão brasileiro em 1990.

Bola em jogo!

O Timão começou a partida indo para cima. Logo no primeiro minuto, Jô foi lançado na área pela esquerda e cruzou rasteiro, mas a zaga do Salgueiro afastou parcialmente. Mateus Vital pegou a sobra na lateral, driblou a marcação e mandou rasteiro para a área novamente, para nova bola levemente desviada pela zaga, e na sobra Fábio Santos, que cabeceou e o zagueiro salvou em cima da linha.
Aos quatro minutos, a pressão deu resultado e o Timão abriu o placar. Jô foi novamente lançado com liberdade na entrada da área e chutou na saída do goleiro, que defendeu e mandou pela linha de fundo. Na cobrança do escanteio, Jô desviou para a pequena área e Jemerson completou para o gol – o seu primeiro com a camisa do clube.

O que se seguiu a partir dali foi o time alvinegro controlando a posse de bola e imprimindo o ritmo conforme sua vontade. Aos 30, Fagner cobrou escanteio na área e Jemerson desviou para Gil; o camisa 4 tentou mandar para o gol, mas Bruno Sena desviou no exato momento do chute. Quatro minutos depois, Fagner foi lançado na direita e cruzou na área para Vital, que cabeceou ao lado da trave direita do gol.

A equipe corinthiana seguiu tentando. Aos 42, Mateus Vital foi lançado na entrada da área pela esquerda, tentou driblar a marcação e chutou, mas a bola foi sobre o gol. Foi a última chance da primeira etapa, encerrada aos 49 minutos após nova tentativa do camisa 22 que parou na zaga.

Segundo tempo

O Corinthians voltou para campo com a mesma equipe que foi para os vestiários, apenas com ajustes táticos feito por Vagner Mancini: Ramiro passou a atuar como segundo volante, e Otero como meia central mais avançado. A mudança funcionou logo no primeiro minuto: Vital e o venezuelano tabelaram pelo lado esquerdo, e o camisa 22 cruzou na área para Jô, mas a zaga afastou.

O Timão seguia levando a partida como queria. E aos 11 minutos, Mancini fez a primeira troca: saiu Rodrigo e entrou Gabriel Pereira. E no minuto seguinte, o Corinthians ampliou. Fagner cruzou da direita e a zaga do time pernambucano afastou parcialmente, e na sobra Ramiro chegou chutando rasteiro e estufou a rede.

Aos 22 minutos, o comandante alvinegro realizou mais duas alterações: saíram Otero e Jô, e entraram Cazares e Cauê. A equipe seguiu controlando a partida sem sofrer sustos no Cornélio de Barros. Aos 32, as últimas alterações vieram: saíram Fagner e Ramiro, e entraram Bruno Méndez e Camacho.
O Timão chegou ao gol do Salgueiro novamente aos 38 minutos. Após cruzamento na área, a zaga afastou e Camacho chutou de muito longe, mandando um petardo na trave esquerda do gol. Na sobra, Jemerson tentou chutar de dentro da área, mas estava impedido e o lance foi paralisado.

O árbitro assinalou quatro minutos de acréscimo, mas ainda deu tempo para mais um gol alvinegro: Mateus Vital fez jogada individual, driblou dois marcadores e chutou no cantinho aos 48 minutos, fazendo o terceiro do Coringão e selando a classificação para a segunda fase da Copa do Brasil.

Próximo jogo

Com a vitória sobre o Salgueiro, o Corinthians já sabe qual será o adversário na segunda fase da Copa do Brasil: o Retrô, também de Pernambuco. Desta vez a equipe alvinegra atuará como mandante do jogo, em data, horário e também local a serem definidos pela CBF caso o Timão não possa receber o confronto na Neo Química Arena.

É esperada ainda a definição do local da próxima rodada do Paulistão. Conforme a tabela, neste domingo (21) o Coringão visitaria o Mirassol, às 16h. No entanto, a partida não poderá ser realizada no Estado de São Paulo devido à proibição de eventos esportivos, em vigor desde o início da Fase Emergencial do combate à pandemia de Covid-19.

COMENTE ABAIXO:

Comentários Facebook