ALMT avalia projeto que determina cursos para instrutores de autoescolas


Foto: ANGELO VARELA / ALMT

A Assembleia Legislativa de Mato Grosso deverá colocar em pauta, nos próximos dias, o Projeto de Lei 113/2021, que determina cursos obrigatórios para instrutores de autoescolas. De autoria do primeiro-secretário, deputado Eduardo Botelho (DEM), a medida inclui no curso de capacitação os examinadores, diretores e instrutores dos centros de formação de condutores. Essa atualização sobre as regras de trânsito deverá ocorrer em intervalos de até cinco anos.
Dessa forma, esses profissionais terão disponibilizados os cursos a cada seis meses, com carga horária mínima de 40 horas. Botelho destaca a importância de investimentos na formação continuada, promovendo a capacitação dos profissionais que preparam novos condutores para um trânsito mais seguro, com a devida atualização sobre as regras vigentes de trânsito, facilitando a troca de ideias e interação do setor.
“A formação continuada é muito importante. Os instrutores que buscam pelo conhecimento constante, se sentem altamente capacitados para desempenhar com segurança o ensino à formação de novos condutores. Então, vamos trabalhar pela aprovação desse projeto, para que os futuros condutores insiram-se no trânsito de maneira segura, bem preparados”, garante Botelho, ao acrescentar que o instrutor tem o papel de conscientizar seus alunos sobre as práticas de direção, pensando no bem coletivo, contribuindo pela redução de acidentes no trânsito.
O projeto foi apresentado em fevereiro deste ano e aguarda despacho do Núcleo Econômico para seguir a tramitação na Comissão de Constituição, Justiça e Redação – CCJR e Plenário.

Fonte: ALMT

Comentários Facebook