Palmeiras fica no empate com São Bento após expulsão de Weverton


Palmeiras e São Bento de Sorocaba se enfrentaram pela 3ª rodada do Campeonato Paulista, no Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda (RJ), com mando do time adversário, na noite desta quinta-feira (24), e empataram por 1 a 1 – o campeonato já está em sua 5ª rodada, mas o Palmeiras não havia enfrentado o adversário da vez porque estava em semana de preparação para o jogo de volta da final da Copa do Brasil, conquistada sobre o Grêmio, em 07 de março, no Allianz Parque.

Vale destacar que o duelo aconteceu no município do Rio de Janeiro após o governo do estado de São Paulo anunciar paralisação de jogos de futebol por 15 dias (há uma semana) devido aos casos de Covid-19. Desta forma, o Campeonato Paulista “migrou” para o território carioca, onde, de acordo com os decretos locais, pôde acontecer. Esta é a primeira vez na história em que jogos do Campeonato Paulista acontecem fora do estado.

Com Weverton expulso aos 23 minutos, após saída errada de Gustavo Gómez, Diego Tavares ficou cara a cara com Weverton, que precisou sair do gol e tentar afastar a bola com os pés, mas acertou o atacante beneditino. Com isso, o goleiro palmeirense foi expulso e Vinicius Silvestre precisou ser acionado no banco de reservas – Gustavo Garcia, jovem da base que estreou na temporada 2021, que havia iniciado a partida na lateral-direita como titular, precisou deixar o duelo para a entrada do arqueiro.

Poucos minutos após Weverton ser expulso, o mesmo Diego Tavares, parado por Weverton, teve a felicidade de ficar livre frente a frente com Vinicius Silvestre, dentro da área, para marcar. (São Bento 1×0 Palmeiras)

O Verdão, que nesta noite estreou em seu uniforme o patch de campeão da Libertadores 2020, chegou ao empate ainda na etapa inicial, em pênalti assinalado pelo VAR em toque de mão de Julinho em lance de dividida com Rony aos 39 minutos. Para a cobrança, partiu o próprio Gustavo Gómez, capitão do time nesta noite, e cobrou a penalidade, de pé direito, no lado esquerdo, deixando tudo igual. (São Bento 1×1 Palmeiras)

Mesmo em desvantagem numérica, o Palmeiras foi superior no decorrer da partida, sobretudo no segundo tempo. Logo após o intervalo, entraram Luan na vaga de Renan, na zaga, e Victor Luis no lugar de Viña, na lateral-esquerda; aos 17 minutos, Newton estreou no lugar de Rafael Elias na cabeça de área do ataque; e aos 36, o atacante Gabriel Silva substituiu Lucas Esteves na ponta-esquerda do ataque do time.

Comentários Facebook