Deputado emite note de pesar pelo falecimento de pioneiros de Alta Floresta


Foto: FABLICIO RODRIGUES / ALMT

Romoaldo Júnior (MDB) apresentou moção de pesar pelo falecimento de pioneiros de Alta Floresta, em decorrência de complicações da covid-19. Os documentos nº 367/2021 e nº 368/2021 protocolados na Assembleia Legislativa, no último dia 22 de março, foram direcionados às famílias e amigos da senhora Jeni Custódia Leal e do senhor João Martin Bernal, respectivamente – em reconhecimento a dedicação e empreendedorismo que ambos prestaram ao município.

 “São pessoas que deixaram um legado de exemplo, dedicação, trabalho, desenvolvimento e amor por Alta Floresta. A todos, nossa solidariedade e imensa saudade. São duas grandes perdas”, lamentou.

Dona Jeni, 63 anos, era mãe da atual prefeita do município de Carlinda, Carmen Martines – localizado aproximadamente 30 km de Alta Floresta. “Era uma pessoa atuante nas causas sociais, sobretudo nos trabalhos da Pastoral Carcerária. Chegou à cidade na década de 70, uma guerreira, que inicialmente viveu da agricultura familiar. Professora, catequista, agente de saúde voluntária por 15 anos, empresária do ramo de comunicação, um verdadeiro exemplo de vida”. Em um intervalo de 12 dias, morreu também pela mesma doença, a filha de dona Jeni, a influencer digital, Liliani Leal, que morava em Alta Floresta e era grande amiga do deputado.

Ao lembrar que Mato Grosso já ultrapassa a marca de 7.300 vidas perdidas para o coronavírus e que seu João Bernal, 86 anos, infelizmente foi uma dessas vítimas, o parlamentar ressaltou que além de empreender no ramo varejista de alimentos do norte do estado, o pioneiro foi um dos primeiros a acreditar no potencial turístico e agro-ecológico da região.

 “Ele veio de São Paulo na década de 70. Investiu alto em criação de peixes e em um lago turístico que se tornou atração regional em sua chácara: a Chácara do Bernal, que faz parte da história de milhares de alta-florestenses, onde muitos cresceram comemorando festas, eventos e casamentos. Um ambiente paradisíaco criado por ele, como forma de mostrar as belezas que Alta Floresta tem a oferecer, coisa que sabia como ninguém demonstrar por meio de seu amor cidade”, detalhou Romoaldo ao enfatizar que o coronavírus é uma doença traiçoeira e perigosa que já levou muitos amigos. 

Fonte: ALMT

Comentários Facebook