ALMT consegue promover imunização imediata de forças policiais


Foto: FABLICIO RODRIGUES / ALMT

Deputado Elizeu Nascimento (PSL), defensor da categoria das forças da segurança pública, comemora um grande avanço durante essa pandemia, a priorização dos profissionais na vacinação contra a covid-19. Nesta segunda-feira (05), o parlamentar, juntamente com a Comissão de Segurança Pública e Comunitária da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT), estiveram reunidos no Colégio de Líderes com representantes de sindicatos e membros de Associações para discutir e buscar apoio às ações que visam a prioridade na imunização contra covid-19.

Depois da reunião realizada na ALMT, todos foram recebidos no Palácio Paiaguás pelo o governador Mauro Mendes, que afirmou que de cada remessa da vacina recebida no estado, 5% serão destinadas para as Forças Policiais que atuam na linha de frente da pandemia.

Elizeu tem encabeçado essa luta desde janeiro, apresentando ofícios: Nº 023/2021, nº 024/2021 e indicação nº 102/202, e também intermediando diálogo com as categorias, uma corrida incessante para garantir que os profissionais da segurança pública pudessem ser imunizados.

Após o longo debate na ALMT, o governador Mauro Mendes recebeu a comitiva no Palácio Paiaguás e confirmou que de cada remessa da vacina recebida no estado, 5% serão destinadas para as Forças Policiais que atuam na linha de frente da pandemia.

“Durante a reunião, o governo do Estado afirmou que as doses serão para todas as categorias da Segurança Pública, sendo elas: penais, civis, militares, bombeiros e peritos. No momento que estamos vivendo tantas mortes dentro da segurança pública, agradeço todos que estiveram envolvidos durante esse processo de imunização destes profissionais”, destacou Elizeu Nascimento. 

O governador Mauro Mendes disse que a sua proposta, de que cada lote recebido das vacinas tivesse percentual de 5% destinado às forças de Segurança, foi acatada pelos Ministérios Públicos Estadual e Federal, e também pelo Conselho de Secretarias Municipais de Saúde de Mato Grosso (Cosems/MT).

“Já de início a Secretaria de Estado de Saúde vai conseguir 3200 doses, podendo chegar a 3500. Muito provavelmente ainda no mês de abril poderemos vacinar todo o contingente, que tem colocado a própria vida em risco no combate à pandemia”, afirmou, e agradeceu ao apoio da Assembleia Legislativa para que a demanda fosse concretizada.

O governador adiantou que deverá ser montado pelo governo do Estado um ponto específico de vacinação para os profissionais de Cuiabá e Várzea Grande, onde há um contingente maior. 

O secretário de Estado de Saúde, Gilberto Figueiredo, explicou que a vacinação seguirá o critério de idade como forma de não discriminar nenhuma das categorias que pertencem às forças de Segurança. “Está sendo criada uma lista com a idade de todos os profissionais e a distribuição será por idade, prestigiando todos os 141 municípios”, pontuou.

A decisão do governador foi motivo de comemoração para deputado estadual Elizeu Nascimento, que é militar de carreira. “Estamos em uma situação delicada e eu agradeço ao governador por essa decisão. É traumático ver um irmão intubado e perdendo a sua vida. Não sabe o quanto estará fazendo pela vida desses profissionais”, ressaltou.

Fonte: ALMT

Comentários Facebook