Apreensão por perturbação do sossego

NATUREZA:
CAUSAR POLUIÇÃO ATMOS. PROV. DANO SAÚDE

Denúncia anónima de várias ligações recebida através do telefone funcional da 2ª cipmpa, informando que no endereço acima supracitado, estaria havendo disputa de som entre duas residências e que os mesmos estariam muito alto e que estavam incomodando os vizinhos.

Diante dos relatos policiais da pmpa deslocou para o local do Com o aparelho decibelímetro.

Já in loco policiais orientou o suspeito de uma das residências para que mantivesse o volume do seu aparelho em volume de acordo com a legislação para que não incomodasse seus vizinhos.

Logo em seguida ao saímos do local recebemos uma nova ligação que os vizinhos teriam ligado novamente o aparelho de som e que estariam mais alto do que anteriormente.

Ao retornarmos a local foi feito a aferição dos ruídos sonoros do som com o aparelho decibelímetro, constatando 81.1 decibéis, com isso o policial chamou pelo responsável do som, foi informado que o mesmo estaria ocorrendo no crime de poluição sonora e que seu aparelho de som seria apreendido e o mesmo encaminhado até a primeira delegacia de Rondonópolis.

Já com o aparelho de som desligado, foi feito uma nova aferição de ruídos de fundo e foi constatado 48.3 decibéis, onde foi possível ver que o referido som era realmente a

Fonte poluidora.

A aparelhagem de som apreendida foi encaminhada para o depósito da 2ª cipmpa.

Comentários Facebook