Decreto de Zé do Pátio repercute nacionalmente

O Decreto Municipal de Rondonópolis de autoria do prefeito José Carlos, o Zé do Pátio gerou muitas polêmicas na cidade, pessoas a favor e contras, e desde o dia de ontem está sendo um termômetro na casa de lei municipal.

Ontem na ordem do dia vereadores discutiram o decreto uns à favor e outros contra, o vereador Subtenente Guinancio do PSDB chegou a encaminhar uma mulher ao plenário que diz ter seu direito violado por não ter vacinado.

Kelly disse que foi até uma clínica fazer um exame, e foi proibida de entrar na unidade por não apresentar seu cartão de vacina.

Vereadores então começou um debate sobre o Decreto.

Um dos vereadores até comentou o aumento da procura de vacina em municípios vizinhos, já que Rondonópolis é uma cidade Polo e aqui moradores de cidades vizinhas adquirem produtos de uso e consumo.

Hoje na Sessão Ordinária, o presidente da Câmara Roni Magnani recebeu um documento do ministério público para que o presidente cumprisse o decreto tanto para servidores como para população que estaria na Sessão.

O presidente então acatou a lei.

Um grupo comandado por ex candidatos na campanha passada esteve na frente da Câmara solicitando a entrada na mesma, sem a apresentação do cartão de vacina, o grupo dizia que o Decreto está infringindo a constituição brasileira ” O direito de ir e vim”.

Na manhã de terça-feira, um grupo da CDL Câmara dirigentes logistas de Rondonópolis, apresentou um pedido de mandado de segurança contra as medidas do decreto , porém o mesmo foi derrubado pelo MP.

Na tarde de hoje o JH, Jornal Hoje da Rede Globo a âncora Maju apresentou uma matéria onde mostra São Paulo e Guarulhos seguindo o exemplo do município de Rondonópolis, esse exemplo está sendo estudado por outros estados e municípios brasileiros, que vê como uma grande ferramenta para eliminar o covid-19 do país.

Outro que estuda também usar o decreto de Zé do Pátio e o governador de Mato Grosso Mauro Mendes, já que o que é bom tem que ser copiado.

Acompanhe o vídeo:

 

Comentários Facebook