Suspeito de assassinato no estado de Goias é detido em Rondonópolis

Após troca de informações entre BPMRURAL de Goiás, PM e PRF do Mato Grosso, é preso o suspeito de homicídio ocorrido na zona rural de Catalão

Equipes do Batalhão Rural (BPMRURAL) – Comando de Operações do Cerrado, identifica, localiza e através de compartilhamento de informações com a Polícia Militar do estado do Mato Grosso prende suspeito de homicídio na noite deste sábado, 30. O suspeito preso é acusado de ter matado Fabio Silva na zona rural de Catalão próximo ao Distrito Santo Antônio do Rio Verde.

Vítima: Fábio Silva (Foto: Reprodução/Perfil Social)

Relembre o crime: Homem é encontrado morto em estrada vicinal no município de Catalão

Segundo a Polícia Militar (PM), após informações de um crime de homicídio ocorrido na zona rural, equipes do BPMRURAL deslocaram para o local e iniciaram diligências no intuito de identificar, localizar e prender o suspeito do crime.

A PM informou que no período da noite, após vários levantamentos realizados durante todo o dia, os policiais do BPMRURAL conseguiram exito em saber onde estaria indo em fuga o suspeito do crime. Diante dessa informação foi realizada uma força tarefa entre Polícia Militar de Goiás/BPMRURAL, Polícia Militar do estado do Mato Grosso e Polícia Rodoviária Federal (PRF) tendo a força tarefa, conseguido prender em flagrante o suspeito do homicídio na cidade de Rondonópolis (MT),

De acordo com a PM, após a prisão o suspeito confessou o crime e foi ainda localizada dentro do veículo utilizado na fuga a arma utilizada no crime, uma espingarda tipo cartucheira.

O suspeito foi conduzido até à Delegacia de Polícia Civil de Rondonópolis (MT) para os procedimentos legais.

Ainda segundo a PM, os indícios levam que a motivação do crime foi passional.

Pelas equipes do Batalhão Rural, só esta semana na região de Catalão, Ipameri e Corumbaíba, foram 2 (dois) foragidos recapturados, um caminhão recuperado, um traficante de drogas armado, um ladrão de gado e o suspeito de crime de homicídio, todos os indivíduos presos.

Fonte:zap Catalão

Comentários Facebook